Conhecimento é Poder

Riquezas Brasileiras

Dra Clair fala sobre a reabertura do processo contra a privatização da Vale do Rio Doce

Cientista social mexicano polemiza demarcação indígena.

Funcionário graduado da ONU afirmou que o Brasil pode ser punido se a demarcação da reserva Raposa Serra do Sol for alterada.


NIÓBIO, a riqueza subtraída em temerosas transações

Transmitido ao vivo em 19 de mai de 2015- Detentor de 98% de todo o Nióbio do mundo o Brasil é vem sendo durante anos e décadas espoliado por mineradoras a revelia do governo que mesmo sabendo do alto valor desse metal o vende a preço de banana para o mercado internacional.

Era Espacial e o Nióbio

Com o início da Era Espacial, aumentou muito o interesse pelo nióbio brasileiro, o mais leve dos metaisa refratários. Ligas de nióbio, como Nb-Ti, Nb-Zr, Nb-Ta-Zr, foram desenvolvidas para utilização nas indústrias espacial e nuclear. nióbio...

Adriano Benayon - Nióbio

Está em nosso País a quase totalidade das jazidas conhecidas no Planeta do nióbio, minério essencial para as indústrias aeronáutica e aeroespacial, para a indústria nuclear, inclusive armas e seus mísseis. A atual tecnologia faz o nióbio, graças à sua superioridade substituir metais, como molibdênio, vanádio, níquel, cromo, cobre e titânio, em diversas outros setores industriais. (Leia mais no site: http://www.revistameioambiente.com.br...)

Nióbio

Você sabia que os EUA, Europa e Japão são 100% dependentes do nióbio brasileiro?.
O nióbio é um mineral raro e estratégico. Várias ligas de nióbio são desenvolvidas por sua leveza e por sua supercondutividade, muito superior a de outros minerais. Seus principais derivados entram na composição de aços diversos, como nos aços de alta resistência, usados na fabricação de tubulações para transmissão de gás sob alta pressão, petróleo e água, por ser um poderoso agente anti-corrosivo, resistente aos ácidos mais agressivos. É utilizado na prevenção de corrosão intergranular em aços inoxidáveis.

É indispensável nas indústrias espacial e nuclear. Outro desenvolvimento importante é o aço microligado, utilizando-se 400 gramas de Nb por tonelada de aço. A alternativa ao nióbio é utilizar grandes quantidades de aços ligados, cujo produto final encarece muito. Os super-aços com nióbio, por serem super-resistentes à combustão, são utilizados para fabricação de mísseis, centrais nucleares, tecnologia energética de ponta, naves espaciais, turbinas de aviões, centrais elétricas. Devido à supercondutividade, é utilizado nos tomógrafos de ressonância magnética que utilizam magnetos supercondutores, além de outros revestimentos e compostos.

O uso do nióbio disseminou-se após a descoberta da imensa reserva em Araxá-MG; tornou-se abundante e ganhou importância no desenvolvimento de materiais de engenharia, por ser o mais leve dos metais refratários. O Brasil possui quase 98% das reservas mundiais, seguido pelo Canadá, 1,5%, e Austrália, 0,46%. Há pequenas reservas na França, África do Sul e Nigéria. (fonte: wikipedia) Nióbio faz dos Moreira Salles a família mais rica do Brasil

NIÓBIO: Saiba o que a mídia e o governo escondem da sociedade brasileira.

O texto a seguir foi retirado do vídeo acima:

Enéas:...O Brasil é o país mais rico do mundo. No seu subsolo existem riquezas minerais extraordinárias. Pois bem, essas nossas riquezas são mandadas para outros países a preço de banana. E nós sempre compramos de volta peças, produtos feitos com esses minerais, pelo preço que eles querem. Isso tudo é feito com o consentimento das nossas autoridades que fazem de conta que nada está acontecendo. Nós vamos.......essa atividade de verdadeira pirataria moderna. Nós vamos parar se for preciso a exportação de um determinado minério, a não ser que paguem por ele um preço justo. Exportaremos só o que nos interessa exportar. Aquilo que não irá nos fazer falta no futuro. Vamos defender a Nação Brasilileira!

Enéas: Questão central: estão mascarando? A dívida não? O serviço da dívida. A dívida aparece com mil e uma injunções, papéis que são colocados noutras rubricas, o que não aparece é que a cada instante desse serviço é acrescentado é adicionado, por isso que a dívida cresce! Mas veja Dr. isso é assombroso, dizem que nós somos um país pobre, mas como pobre! Se nós temos o maior contigente de água potável do planeta, como pobre se temos a maior riqueza mineral, que ninguém tem, nós temos Nióbio, o elemento químico fundamental para a indústria naval, sem o qual o avião supersônico não levanta vôo; temos 97 a 98% do mundo aqui, a região de Araxá em minas gerais, um pouquinho na amazônia, então como se explica que nós não tenhamos o monopólio do Nióbio do mundo se nós temos. Eu fui o primeiro candidato a tocar nesse assunto. Isso era tabu. Agora, só o nióbio permitir-se-nos-ia ter uma moeda própria lastrada nele. Não seria atrelada ao dólar. Isso sem falar do quartzo, o nosso é de primeira qualidade. Quando aparece na capa da revista Isto é o roubo do urânio, não pode ser mostrado, contrabando de urânio, Obs. na capa está estampado(Escândalo- O roubo do URÂNIO Brasileiro), se nós calculássemos, o Nióbio em toda indúsria aeronáutica mundial, o que entra deveria ser compensador, e não é.

Wikileaks revela planos secretos dos EUA sobre o minério brasileiro NIÓBIO

Dependência de nióbio é causa de preocupação de Washington

Nicola Pamplona / RIO - O Estado de S.Paulo - Brasil é responsável por 87% das importações americanas do minério - usado até mesmo em projetos espaciais - A grande dependência do nióbio brasileiro deve explicar, segundo especialistas, a preocupação do governo dos Estados Unidos com relação à segurança das minas do País. O Brasil detém 98% das reservas e 91% da produção mundial do minério, usado para a fabricação de aços especiais. Os Estados Unidos não produzem o minério. Relatório anual do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) aponta que o Brasil tem reservas de 2,9 milhões de toneladas de nióbio, com uma produção acumulada de 57 mil toneladas em 2009. O País foi responsável, no ano passado, por 87% das importações americanas do mineral.

O documento indica que a maior economia do mundo continuará dependente do nióbio brasileiro. "As reservas domésticas (dos Estados Unidos) de nióbio têm baixa qualidade, algumas complexas do ponto de vista geológico, e muitas não são comercialmente recuperáveis", diz o texto, publicado em janeiro. Segunda maior reserva, o Canadá é responsável por apenas 7% da produção mundial.

Procuradas pelo Estado, as empresas responsáveis pelas minas citadas no documento divulgado pela WikiLeaks não se pronunciaram sobre o assunto. A CBMM, do grupo Moreira Salles, e a Anglo American são as duas grandes produtoras de nióbio no País, operadoras das minas de Araxá e de Goiás, respectivamente. O Brasil é também um grande produtor de manganês, o que explica a inclusão do produto na lista dos ativos brasileiros importantes. Segundo documento da USGS referente a esse mineral, o Brasil teve a quarta maior produção em 2009, ano em que foi responsável por 5% das importações americanas da commodity. Os Estados Unidos não produzem manganês desde a década de 70, também por causa da baixa qualidade das jazidas domésticas.

A lista divulgada pela WikiLeaks inclui a produção de minério de ferro pela "mina Rio Tinto", que não tem mais ativos brasileiros nesse segmento. A companhia operava uma mina em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, que foi vendida à Vale do Rio Doce do ano passado. Nenhuma das empresas comentou a inclusão do projeto na lista.

Para Entender

O nióbio, um metal nobre descoberto em 1801, é usado para a fabricação de peças inoxidáveis e em outras ligas de metais não-ferrosos, como as utilizadas em oleodutos e gasodutos. Por suas propriedades, também é largamente utilizado em indústrias nucleares. Grande quantidade de nióbio é utilizada em superligas para a fabricação de motores de jatos e subconjuntos de foguetes - equipamentos que necessitam de alta resistência à combustão. Pesquisas avançadas com este metal foram utilizados no programa Gemini, da Nasa. Ou seja: sem o nióbio não se fabricam: turbinas de aviões, naves espaciais, mísseis, centrais elétricas e super aços. Um fato grave é que seu preço para a venda, além de muito baixo, é fixado pela Inglaterra, que não tem nióbio algum em seu território.

EUA Ameaça Invadir o Brasil para Tomar o Nióbio da Nação Brasileira

Publicado em 20 de dez de 2012

Voltar ao topo